Domingo, 05 Abril 2020

O som das tabernas da renascença francesa

A mesa posta, com frutas e vinhos, ao centro do palco ambienta o espaço e proporciona a viagem imagética e sonora do público até uma taberna francesa do período renascentista. O grupo vocal Cantus Firmus apresentará no Teatro Camarim o concerto “Amores Ilícitos, Batalhas e Belezas”, composta por 'chansons francesas' do século XVI. 

A sensação de regresso ao passado é preenchida por músicas populares repletas de poesia, humor e história. “As letras retratam desde poemas em torno do tema do amor impossível até a linguagem de duplo sentido, ao tratar das situações jocosas como sexo ou o ato de comer e beber, antes dos soldados irem para a guerra”, declara Jefferson Bittencourt, diretor e integrante do grupo.

O concerto ainda propõe uma breve aula de história da música, tanto para leigos, quanto para estudiosos do assunto. As canções francesas do Renascimento são caracterizadas pela escrita rebuscada e pelas temáticas de caráter popular. No alto renascimento francês, a música alcançou um nível extraordinário de requinte poético, graças a compositores como Claudin de Sermisy, Clement Jannequin e Josquin des Prez. 

Com aspecto didático apresentado de maneira prática, o público assiste ao espetáculo com comentários antes da execução de cada música. “Procuramos utilizar uma linguagem com o tom exato para transmitir a informação, a clareza e a simplicidade ao espectador, para que possa desfrutar da performance sem ser prejudicado por nenhuma complexidade que venha afastá-lo da fruição puramente musical”, destaca Bittencourt.

Além das vozes, o concerto é acompanhado pelo som de uma cópia de instrumento musical da época, um alaúde pré-barroco. Este instrumento data da época das composições dos madrigais, o chamado período 'maneirista', por volta de 1650 e serve para acompanhar tanto a música renascentista quanto a música do início do período barroco.

CANTORES:

Jefferson Bittencourt - contratenor/alaúde

Francis Persich – tenor

Eduardo Serafin - tenor

Cristian Gonçalves – barítono

Marcelo Aguiar - baixo

 

MÚSICAS DO PROGRAMA

1. Tant que vivray – Claudin de Sermisy (c.1490-1562)

2. Mon Amy – Ninot Le Petit (? - c.1502) 

3. Comment Au Départir - Pierre Cléreau (c.1515-1569)

4. La, La, La, Je ne l'ose dire - Pierre Certon (1520-1572)

5. Il est bel et bon - Pierre Passereau (1509-1547) 

6. Mille Regretz - Josquin de Prez (1450-1521)

7. En m’en venant de veoir - Clément Janequin (1485-1558)

8. Tourdion – Pierre Attaingnant (c. 1494 –1552)

9. En actendant – Alexander Agricola (c.1446-1506)

10. Ung mari se voulant coucher - Clément Janequin (1485-1558)

11. J'atens le temps - Clément Janequin (1485-1558)

12. Martin menoit son pourceau - Clément Janequin (1485-1558)

Foto (esq. p/ dir.): Eduardo Serafin (tenor), Marcelo Aguiar (baixo), Jefferson Bittencourt (contratenor/alaúde), Francis Persich (tenor) e Cristian Gonçalves (barítono).

 

BOLETIM INFORMATIVO

Cadastre-se e receba a programação por e-mail

Um espaço repleto de arte, cultura e sonhos possíveis. Um teatro de bolso para ver, escutar e sentir de perto. Uma pequena caixa preta 
DE ONDE SE VÊ UM NOVO LUGAR

(48) 3204.6608

Av. Santa Catarina, nº1313
Estreito | Continente
Florianópolis | SC
CEP 88070-740